Online ebook

Top Best Epub Readers

[PDF] ↠ Se Eu Fosse Chão Author Nuno Camarneiro – Eiyo.us

Se Eu Fosse ChãoReading Se Eu Fosse Ch O Author Nuno Camarneiro Larringtonlifecoaching Quando Os H Spedes De Um Hotel S O Personagens Da Hist Ria Portuguesa Em Diversas Pocas Um Hotel Um Mundo Pequeno Feito Imagem Do Outro Maior N S Garantimos Que A Escala Permane A Justa, Sem Nada Aumentar Ou Reduzir N O Nos Pe Am Para Corrigir O Que Vai Torto Ou Torcer O Que Anda Certo Servimos Os Nossos H Spedes E Damos Lhes A Import Ncia Que Merecem, Ou Que Podem Pagar O Resto Pertence Justi A Ou Igreja, N O Somos Ju Zes Nem Padres Somos Art Fices Do Detalhe E Da Mem Ria, E N O Nos Pe Am Mais Num Grande Hotel, As Paredes T M Ouvidos E Os Espelhos J Viram Muitos Rostos Ao Longo Dos Anos Homens E Mulheres De Passagem, Buscando Ou Fugindo De Alguma Coisa, Que Procuram Um Sentido Para Os Dias Num Quarto Pode Come Ar Uma Hist Ria De Amor Ou Terminar Um Casamento, Pode Inventar Se Uma Utopia Ou Lembrar Se A Perna Perdida Numa Guerra, Pode Investigar Se Um Caso De Adult Rio Ou Cometer Se Um Crime De Sangue Em Tr S Pocas Diferentes, Entre Guerras Que Passaram E Outras Que H O De Vir, As Personagens De Se Eu Fosse Ch O Diplomatas, Pol Ticos, Vi Vos, Rec M Casados, Crian As, Actores, Prostitutas, Assassinos E At Alguns Fantasmas Contam Hist Rias A Quem As Queira Escutar

    10 thoughts on “[PDF] ↠ Se Eu Fosse Chão Author Nuno Camarneiro – Eiyo.us


  1. says:

    This book started by touching me less than the Author s previous ones, but then, as I plodded through it, it became interesting I especially loved the way in which the Author organized the book in function of the number of rooms and floors of the hotel, and the fact that he divides the three floors in function of different epochs 1928, 1956, 2015 and that the group of...


  2. says:

    Os livros fazem me pensar sobre o que li, sobre os locais onde me levaram, o que senti quando l cheguei Penso sobre o que se escreveu e imagino o modo como foi escrito E, por vezes, leio livros em que o que n o se escreve, o que n o se diz tamb m conta Porque me oferece uma viagem diferente, em que participo, boleia de tantos in cios e possibilidades Se eu fosse ch o o meu livro preferido do Nuno Chegada ao fim quis voltar ao ...


  3. says:

    Um livrinho engra ado que se l num instantinho o 1 que leio deste autor , achei giro e d para rir


  4. says:

    Se eu fosse ch o uma obra que se l de uma s vez passado no Palace Hotel, onde percorremos os seus quartos e conhecemos alguns dos seus peculiares h spedes, atrav s de curtas passagens sobre cada um deles Algumas personagens s o interessantes e o texto est muito bem escrito, no entanto, n o ...


  5. says:

    Nuno Camarneiro habituou nos a hist rias aparentemente banais, do dia a dia, que t m na base da sua vulgaridade a pr pria condi o humana Este livro n o excep o Mant m tamb m uma sensa o de proximidade com as personagens S o quartos de um hotel, s o hist rias de gente que por l passa, pequenos momentos Entre as e de...


  6. says:

    Um hotel, 3 andares, 17 quartos por piso, 50 quartos ocupados 50 mini hist rias de quartos ocupados, 4 mini hist rias de alguns trabalhadores do Hotel Os 3 andares dividem se em tr s anos, o que leva o leitor a percorr...


  7. says:

    Tem apenas a companhia de gente morta, e os mortos fazem pouca companhia p g 40 Um quarto fechado sempre uma hist ria por contar, enquanto n o o abrirem, cada um h de ter a sua p g 124


  8. says:

    o terceiro livro que eu leio desse escritor Gosto muito de sua escrita.Nesse livro, cada cap tulo tem 2 p ginas e nos apresenta para cada um dos h spedes de um hotel em Portugal Ele escolheu 3 momentos no tempo 1928, 1956 e 2015 E, em cada momento, ele descreve o que acontece em cada quarto e quem s o os h spedes ...


  9. says:

    Bland.


  10. says:

    Nunca tinha lido nada do autor e parece me que este n o o livro certo para uma primeira apresenta o Gostei da maneira de escrever do Nuno, mas as pequenas hist rias, na sua grande maioria, n o me deixaram satisfeita, n o por serem curtas, mas por deixarem demasiado a adivinhar, como se fossem p ginas arrancadas de ...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *